Os cuidados para abrir uma franquia

02/10/2015 08:03

Se a sua intenção for abrir uma franquia, entenda que isso não é sucesso garantido e o retorno não pode ser tão rápido como conta o franqueador. Abrir uma franquia exige cuidados e análise do plano de negócio como em qualquer outro tipo de empreendimento que venha a ter. Empreender não é fácil, por isso é necessário estar preparado para ganhar e perder.

Cada vez mais futuros empreendedores estão optando por franquias que, no geral, sejam lucrativas e baratas. Um dos motivos para o aumento da procura é o número de demissões que não para de crescer, pois utiliza-se o dinheiro do fundo de garantia para abrir uma franquia, e muitas pessoas acabam criando a imagem de não serem mais empregados, e sim chefes.

Como um futuro empreendedor de uma franquia, entenda que é essencial avaliar a marca e se o negócio de fato está preparado para atender a sua necessidade, pois é comum uma franquia estar bem em determinada região e em outro lugar não, saiba que cada local tem seu público e suas particularidades.

Ressalta-se que o melhor modo de diminuir os riscos é pesquisar, e muito, sobre o novo negócio. Faça um plano de negócio e informe-se para ficar por dentro das regras e posicionamento.

Confira, a seguir, dicas para não entrar em uma enrascada:

  • Entenda sobre negócio: o lado bom de adquirir uma franquia é comprar algo que já foi testado, porém, isso pode também ser uma grande desvantagem, caso o modelo não seja aceito e precise de mudança e adaptações, muitas vezes não se tem liberdade para fazer mudanças, o que pode gerar perdas.
  • Faça uma avaliação do franqueador: ser aceito não é o suficiente, é necessário avaliar de que forma ele faz as contratações, o que adianta uma determinada marca crescer, ter vários franqueados, se ela não consegue dar suporte e atender a todos? Há casos de franqueados que tiveram que unir-se com outros para a marca sobreviver, pois o franqueador não tinha condições de fazer comunicações e marketing.
  • Não leve em consideração apenas o retorno financeiro: não escolha uma franquia apenas pelo percentual de retorno ou a velocidade de retorno financeiro, a empresa não caminha sozinha, precisa de equipe e a atuação do empreendedor será muito importante para que isso ocorra, o negócio pode não dar certo de início e é preciso ter uma reserva financeira para o capital de giro e a sobrevivência da franquia.
  • Conheça outros franqueados: nada melhor do que conhecer a experiência e a atuação de outros franqueados, não apenas dos que estão ativos, mas também daquele que desistiram do negócio ou mudaram de marca, mas continuam no mesmo ramo. Já houve um caso em que a desistência pela marca ocorreu antes mesmo da inauguração.
  • Avalie o planejamento estratégico: Qual o planejamento da franquia para três, quatro, cinco anos? Saber dessas informações auxilia no conhecimento do potencial de crescimento da rede, das oportunidades e até mesmo das ameaças, o que adiantaria você ter um concorrente bem próximo a você usando o seu nome? Qual a chance do seu negócio crescer?

Apesar de os números indicarem que a quantidade de mortalidade em franquias é menor do que outros tipos de negócios, é indispensável ter em mente que empreender é arriscar-se, não existe fórmula secreta ou retorno rápido, tudo depende de um bom planejamento, pesquisa e esforço.

 

https://blogskill.com.br/os-cuidados-para-abrir-uma-franquia-nao-e-sucesso-garantido-retorno-franqueador-analise-plano-negocio-empreendimento-empreender-nao-e-facil-preparado-ganhar-perder-futuros-empreendedores-lucrativas-ba/